terça-feira, 11 de setembro de 2007

Caldeirão

O novo cd do Maroon 5 tocando no computador, e eu olhando fixamente para as imagens caleidoscópicas do Media Player, esperando sinceramente que me hipnotizassem a ponto de organizar meus pensamentos. A ponto de me permitir gerar um texto bom. Ou no mínimo razoável.

Tantas idéias. Tantas coisas passando pela minha cabeça. Mas não adianta. E as letras só pioram minha confusão. Muita coisa que eu queria ter dito... Muita coisa que eu queria ter ouvido ser dita pra mim. Minha mente fervilha, borbulha e bagunça ainda mais o que eu achava que poderia ser inspiração.

Observo os nomes no MSN. Tantos com quem queria falar apagados. Mas aquilo não é hora de estar online, convenhamos. Tantos ausentes da minha lista. Queria que estivessem ali.

Fico lendo sobre amor. Sobre saudade. Vejo algumas fotos e o coração fica pequeno.

Renata está atrasadíssima para ir dormir. Danilo informa mais do que em cima da hora que está partindo para ficar um mês fora. Pedro pergunta o que ainda faço acordada...

Realmente. Muita coisa para dizer. Para cada um. Não para qualquer um...

4 comentários:

Anônimo disse...

Oiiiii
Nesse ponto vc se parece muito comigo.... ahahahahahha tem a mente confusa... querendo dizer um monte de coisas e não conseguir dizer nada.... Não coneguir dizer nada pq são tantos pensamentos q fica difícil de colocar no papel..... mas mesmo com os pensamentos tão rápido e com tantos, vc consegue se expressar muito bem e mostrar em palavras o q está sentindo no momento.......
Bjosssssssss
da sua mais nova amiga "promovida" ahahhah

LuiMar disse...

sou um trouxa que vai para filas, de bancos principalmente, armado de óculos escuros e um pocket book, morrendo de medo de ser abordado por conversas sobre amenidades. bissextamente estouro c/ algum fura-fila, assim como, vez e nunca, comento em algum lugar da galáxia virtual... mas me comoveu o drama do liquidificar mental perante um monitor. um beijo

Pedro Martins disse...

Esse Pedro aí do fim sou eu?? Se for, me sinto honrado...hehehe
Beijos

Paty disse...

E a sua sorte é que eu estava off no horário de gente normal, né??? rs